Marião afirma que Prefeitura irá zerar fila de cirurgias de catarata

Home » Noticias » Marião afirma que Prefeitura irá zerar fila de cirurgias de catarata

Há cerca de um ano e meio, as agulhas, linhas, tecidos e livros de dona Geralda Ferreira Viegas, de 85 anos, foram guardados por tempo indeterminado. A catarata, que tomou conta do olho esquerdo, passou a impossibilitá-la de realizar as atividades que muito a distraíam: os trabalhos manuais e a leitura.

No início desta semana, no entanto, a história de dona Geralda começou a mudar. Ela foi orientada a comparecer à Prefeitura na última quarta-feira (08) para o agendamento da tão aguardada cirurgia. “Nossa, eu fiquei muito feliz. Como os meus exames foram feitos recentemente, já saí da Prefeitura com a minha cirurgia marcada. Será no dia 17, às 7h”, contou.

Para o senhor José dos Anjos Camelo, de 80 anos, o drama de conviver com a visão turva persistiu por mais tempo. Foram três anos de espera. “Eu já estava até perdendo as esperanças. Mas agora vai ser muito rápido. Faço os exames ainda esta semana e opero na terça-feira (14)”, comemorou.

Assim como dona Geralda e o senhor José dos Anjos, outros 243 pacientes que aguardavam por uma cirurgia de catarata em Pedro Leopoldo, enfim, voltarão a enxergar com nitidez graças ao Programa Catarata Zero, viabilizado por meio recursos municipais e também de recursos federais transferidos ao município e parados desde meados de 2010. A Secretaria Municipal de Saúde se empenhou desde janeiro de 2017 para promover segurança jurídica e administrativa à utilização da verba. Após inúmeras reuniões, tratativas, negociações, o município conseguiu a autorização para gastar o recurso.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Fabrício Simões, a fila de cirurgias de catarata será zerada por meio da iniciativa. Serão realizada até 100 cirurgias/dia. A título de comparação, a cota oficial de cirurgias do município a serem realizadas em Belo Horizonte é de três cirurgias/ano. “Apesar de o recurso estar alocado em Pedro Leopoldo, residentes dos municípios de Confins, Matozinhos, Santana do Riacho e Vespasiano também serão beneficiados, fortalecendo a assistência à saúde na região”, ressaltou o Secretário.

Ainda de acordo com Fabrício, a Secretaria Municipal de Saúde de Pedro Leopoldo tem trabalhado para que o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerias realizem repasses periódicos e ordinários para evitar que a fila cresça novamente.

Na assinatura do contrato com o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região do Calcário (CISREC), hoje (9), o Prefeito Cristiano Marião destacou o empenho da equipe da Secretaria Municipal de Saúde e reiterou o compromisso da administração com o bem estar da população de Pedro Leopoldo. “É motivo de muita alegria para nós zerar a fila de catarata em Pedro Leopoldo. Isso acontece no mesmo ano em que foi realizado o Hospital de Campanha, por meio do qual milhares de pessoas realizaram consultas especializadas. Para nós, saúde é uma das prioridades. Prova disso são a ações realizadas este ano e o trabalho diário intenso para que possamos avançar mais”, afirmou.